“Controle social” da mídia causa polêmica no plano de governo de Dilma

O 4º Congresso do PT aprovou, na sexta-feira (19/02), propostas que determinam o controle social da mídia para o plano do eventual governo de Dilma Roussef. Entre as sugestões aprovadas, estão o “combate do monopólio da comunicação e entretenimento, a reativação do Conselho Nacional de Comunicação e o direito de resposta coletivo, o fim da propriedade cruzada e proibição de sublocação”, propostas aprovadas na 1ª Conferência Nacional de Comunicação (Confecom).O coordenador do programa de governo da pré-candidata do PT à Presidência da República, Marco Aurélio Garcia, negou que o partido tenha a ideia de controlar a mídia, e que tudo o que foi apresentando como plano de governo de Dilma, será combinado com partidos aliados. “Não exercemos nenhum controle sobre os meios de comunicação e não vamos exercer”. E completou: “não tem razão para isso. Temos um forte compromisso com a democracia”.Marco Aurélio usou como exemplo os veículos de comunicação do País para mostrar que o PT não exerce controle sobre a mídia. ”Não há nada de controle dos meios de comunicação, não há absolutamente nada e quem tiver dúvidas a este respeito, basta ler os jornais, ouvir as rádios e ver as televisões e verá que, muito pelo contrário”, declarou.As informações são de O Estado de S.Paulo.

Fonte: http://www.comunique-se.com.br

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s