RBS edita reportagem por pressão de deputados, diz jornal

A manifestação de deputados da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul contra a exibição de uma reportagem da RBS TV, afiliada da Globo, teria feito com que a direção da emissora editasse o vídeo para amenizar as críticas à instituição, diz o Jornal Já, veículo do Rio Grande do Sul.
A reportagem, exibida no programa Tele Domingo, no dia (20/03), questionava os deputados que assinam o ponto na Assembleia, mas não permanecem em plenário. Segundo o jornal, a matéria foi editada poucos minutos antes de ir ao ar, a pedido do presidente da Assembleia, deputado Giovani Cherini (PDT). O político teria afirmado que a exibição do vídeo seria prejudicial à instituição, porque os deputados não atuam somente em plenário, mas em comissões no interior do estado e em outros trabalhos fora das sessões.
Com as pressões da entidade, o departamento jurídico e a direção da RBS teriam resolvido editar partes do vídeo, e o nome e entrevistas de alguns deputados teriam sido suprimidos, já que o assunto passara para o nível “das relações institucionais” entre a Assembleia e a RBS, diz o jornal.
Uma fonte confirmou ao Comunique-se que houve pressão da instituição para editar o vídeo, inclusive uma visita à redação para discutir o assunto. O deputado Dionilso Marcon (PT) disse que “ouviu” a respeito de uma reunião da Assembleia com a RBS TV, porque a instituição não teria gostado das chamadas da matéria que foram exibidas ao longo da semana.
O editor do programa Tele Domingo, Raul Ferreira, negou que tenha havido qualquer tipo de pressão ou edição do vídeo a pedido da Assembleia. “Nós editamos o vídeo porque o repórter entrevistou muitos deputados, não dava para mostrar todos, mostramos de uma forma genérica. Mas nunca houve intervenção da Assembleia”, declarou.
A assessoria de imprensa do órgão confirmou a visita à RBS, mas negou que o encontro tenha sido para amenizar a reportagem. Segundo a assessoria, a reunião tratou apenas do caso de uma
suposta tentativa de agressão do deputado Dionilso Marcon ao repórter Giovanni Grizotti, que fez a reportagem. A Assembleia informou também que não interfere no jornalismo praticado pelas emissoras do estado.



Fonte: http://www.comunique-se.com.br

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s