COMUNICANDO: Isso a Record não divulga!

Assistimos perplexos e estarrecidos a reportagem exibida pelo Jornalista Marcelo Rezende, no Programa Domingo Espetacular da Rede Record, cujo dono é o Bispo Edir Macedo, da igreja Universal, sobre o provável enriquecimento ilícito da igreja Mundial, as custas dos fiéis, o que a meu ver nada mais é do que “O Sujo falando do Mal Lavado”…porém o que denuncio aqui chega ser ainda mais estarrecedor e revoltante…o caso do adolescente Lucas Terra, onde a igreja Universal faz vista grossa.

LUCAS TERRA FOI ABUSADO SEXUALMENTE E QUEIMADO VIVO, AOS 14 ANOS DE IDADE. OS 3 ACUSADOS, SÃO BISPOS E PASTORES DA IGREJA UNIVERSAL DO REINO DE DEUS, SENDO QUE DOIS DELES CONTINUAM PREGANDO.

Segundo informações de Marion Terra, mãe de Lucas Terra, Fernando Aparecido da Silva, bispo de Feira de Santana, na Bahia e Joel Miranda, pastor da igreja de Cabo Frio, no Rio de Janeiro, continuam “pregando” na igreja Universal e custam 1 milhão de reais que são pagos aos seus advogados.

O autor do crime, pastor Silvio Roberto Galiza, também da igreja Universal…foi condenado a 18 anos, mas já recebeu o benefício do regime semi-aberto…as famosas e terríveis “BRECHAS DA LEI”

Dia 21/03 completam-se 11 anos da morte do adolescente Lucas Terra e o crime está prestes a prescrever e com isso os outros dois envolvidos, bispo e pastor, sairão IMPUNES.

O pai de Lucas Terra, o amigo Carlos Terra está acampando no Fórum Ruy Barbosa, em Salvador, um ato de protesto para cobrar celeridade da Justiça na pronúncia da sentença por parte do juiz e promete não sair de lá enquanto os 2 acusados na morte do filho não forem pronunciados.

Vamos ajudar o casal Terra…vamos pressionar enviando e-mails ao TJBH e à imprensa para que o caso, que por si só já é por demais REVOLTANTE, ganhe repercussão nacional e que a JUSTIÇA seja feita!

Enviem e-mails para ao presidente do TJ da Bahia, desembargador Mário Alberto Hirs, pedindo que os 2 acusados, envolvidos na morte do adolescente Lucas Terra; bispo Fernando Aparecido da Silva e pastor Joel Miranda, sejam levados à júri popular.

E-mails devem ser enviados para: presidencia@tjba.jus.br

Contamos mais uma vez com a ajuda de todos os amigos de luta e a toda sociedade civil que não aguenta mais conviver com a IMPUNIDADE.

Blog da Impunidade – Marion Terra

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s