COMUNICANDO: Estudo associa uso excessivo de redes sociais ao narcisismo

Estudo associa uso excessivo de redes sociais ao narcisismoUma pesquisa publicada no Computers in Human Behavior revelou que o uso excessivo das redes sociais, como o Twitter e o Facebook, revela traços de narcisismo pessoal. Pessoas que pontuaram mais em escalas que mediam o narcisismo foram aquelas que mais publicavam ao longo do dia.

Se não sabe, narcisista é aquela pessoa que se julga grandiosa e com necessidades excessivas de admiração e aprovação.

Quando se fala em aprovação, é evidente que há sempre um espaço entre como uma pessoa se vê e como as outras vêem-nos e neste sentido, para os pesquisadores, as redes sociais teriam o poder de actuar neste segmento.

O leitor já deve ter percebido que nas redes sociais há todo o tipo de publicações e de pessoas. Há aquelas que ocasionalmente publicam alguma coisa, outras que usam as redes de maneira mais frequente e, finalmente, aquelas que partilham absolutamente tudo o que fazem na sua vida, como, por exemplo, a foto do prato de comida que acabaram de receber no restaurante – e é destas que este estudo fala.

As redes sociais, para estas, servem para cuidar da sua imagem pública e também para averiguar como as outras pessoas respondem a ela. Embora os adultos já possuam um conceito de si mesmo mais estruturado, as publicações em demasia serviriam para controlar a sua aceitação social, funcionando, portanto, como um verdadeiro espelho. Assim, para os narcisistas, a lógica por trás destas acções seria: «quanto mais eu publico, mais mantenho as minhas relações».

No caso dos jovens, o uso destas redes já serviria outros propósitos como o de, por exemplo, supervalorizar as suas opiniões, pois como ainda são naturalmente mais inseguros e numa fase de construção de identidade pessoal, quanto mais actuarem, mais ampliarão a sua rede de relacionamentos.

Vale lembrar que, em ambos os casos (jovens ou adultos), tais pessoas gastam muito mais tempo a actualizar as suas páginas, respondendo às observações e comentando as publicações dos outros.

A lógica destes indivíduos está correta, ou seja, quanto mais uma pessoa comunica maiores são as probabilidades de ser lembrado. Entretanto, o que ninguém ainda percebeu é que esta conduta pode trazer outro tipo de consequência.

Ou seja, quando uma pessoa tende a procurar aprovações sistemáticas e contacto pessoal em excesso, seja na vida real ou na vida virtual, o exagero pode fazer com que estas pessoas comecem no final das contas a serem evitadas, pois rapidamente tornam-se inoportunas. E, desta forma, um verdadeiro círculo vicioso é criado.

Moral da história: o tiro sai pela culatra e narcisistas podem tornar-se cada vez mais repudiados, perpetuando assim as suas inseguranças pela falta de habilidade em lidar com as suas questões pessoais.

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s